Desabafo de mãe #17











Solidariedade em Covid -19




É horrível o que estamos a viver em Portugal, e em todo o mundo.


Pessoas morrem, pessoas com consciência da gravidade e a fazem de tudo para nos salvaguardar, e tentarem resolver ,uma tragédia que nunca se esperava.




Nós portugueses temos um certo respeito por tudo o que é serviço publico. Os médicos e enfermeiros, que nos atendem nas urgências,  os bombeiros quando enfrentam os incêndios, as forças armadas, que mantem a ordem e paz.




Talvez por tudo isso sejam as profissões mais respeitadas e valorizadas em Portugal .




E então os profissionais, como os motoristas dos transportes públicos e  de mercadorias, os funcionários dos supermercados, e das farmácias, os serviços de limpeza e os bancários.




Sim os bancários, que mantêm os seus balcões abertos ao serviço dos seus clientes, e que os servem com um elevado sentido de responsabilidade, em condições de segurança, muito aquém do que era desejável como é fácil perceber.Estamos em contato de proximidade com os clientes .




Por favor, quem pode, fique em casa, siga as instruções das autoridades, sem nunca esquecer as medidas de higiene.




Nós, vamos continuar a sair de casa todos os dias de manhã, com o coração apertado, deixando as nossas famílias em quarentena , para mantermos os nossos balcões abertos, e lutarmos à nossa maneira contra este inimigo invisível .


O regresso a casa, obriga-nos a uma desinfeção total, mas sem nunca sabermos se estamos ou não contaminados, afastamos aqueles que mais gostamos para os proteger .




Não somos nós, também, os heróis desta luta, contra a pandemia ? E que me fazem ter orgulho em ser portuguesa e bancária




Vamos provar, que somos o melhor povo do MUNDO, deixam de ser egoístas e ficando em casa .























You May Also Like

0 comentários